google-site-verification: google0eef1004958cdb5b.html

O que fazer e o que não fazer quando se tem gatos

Gatos não são tão independentes assim…No fundo são crianças curiosas que merecem atenção e cuidados para não acabarem encrencados =^.^=

O QUE NÃO FAZER

NUNCA crie seu gato livre. deixá-lo sair em meio a vizinhança pode trazer sérios problemas como envenenamento, brigas com outros animais, atropelamento, maus tratos e com certeza uma diminuição considerável de sua expectativa de vida.Isso vale principalmente para gatos que ainda não foram castrados sejam machos ou fêmeas pois eles se reproduzem rápido e assim mais animais de rua.

NUNCA deixe seu gato sozinho por mais de uma semana. Ele pode desenvolver ansiedade e stress. Se precisar se ausentar, você pode procurar hotéis para pets em sua cidade ou pode contratar pet sitter para cuidar do seu bichano na sua casa. Também pode deixar com familiares ou amigos desde que sejam de confiança e gostem de gatos. Mas não deixe-os sozinhos. Aqui em casa sempre tem alguém, logo,quando preciso me ausentar,  Hel nunca fica sozinha e claro. deixo as orientações necessárias a respeito de alimentação, higiene e segurança. Também ligo para saber como ela está. (Coisas de mãe de gato)

NUNCA deixe seu gato sozinho dentro do carro nem por um minuto principalmente em dias quentes.Isso pode ser fatal

NUNCA dê medicamentos para humanos ou para cachorros a seu gato.Eles são muito sensíveis e a maioria destes remédios são tóxicos para eles. Se suspeitar que estão doentes procure imediatamente o veterinário para a devida recomendação.

O QUE FAZER

CASTRE seu gato seja macho ou fêmea. Além de evitar procriações indesejáveis e mais animais abandonados, também se evita demarcações de território, irritabilidade, o desenvolvimento de doenças como câncer e aumenta a expectativa de vida. Eles ficam mais calmos e mais caseiros. E não é um custo alto, afinal só é um procedimento para a vida inteira.Caso ainda não possa arcar com o custo, procure a prefeitura da sua cidade ou as ongs e saiba sobre os programas de castração a baixo custo, faça uma arrecadação entre amigos. Mas não deixe de realizar a castração pois significa muito para a saúde de seu gato e é um ato de responsabilidade ao se evitar o aumento de mais animais de rua.Hel foi esterilizada (castrada) e está super saudável.

VACINE seu gato anualmente com a vacina anti vírus e a anti rábica. mantenha a carteira de vacina sempre atualizada evitando assim doenças indesejáveis. Abaixo a carteira de vacina que fiz para Hel.

VERIFIQUE por sinais de que seu gato pode estar sofrendo por alguma doença ou dor.Gatos são animais que não costumam demonstrar fraqueza portanto é difícil perceber quando estão doentes.Logo fique o mais atento possível, identificando cada sinal fora do comum da rotina de seu gato e se for o caso procure o veterinário.

PROVIDENCIE sempre comida de qualidade (post aqui) e água fresca em lugar isolado (post aqui). Limpe diariamente o comedouro, bebedouro e a caixa de areia. Nada de deixar a areia virar um poço de urina e/ou coco. Gatos são super higiênicos e vamos combinar? Quem gosta de fazer as necessidades em local sujo? Ninguém né? Limpo as caixas de Hel (recomendável sempre 1 a mais que o total de gatos) sempre que ela vai ao banheiro. Fez xixi, limpo, fez coco, limpo. Assim se evitam os maus odores, evita que o gato procure outro lugar para fazer as necessidades e também evitam-se as contaminações por fungos, bactérias dentre outros.

Caixa de areia ou melhor casinha de areia ♥

MANTENHA a casa limpa, se possível bem aspirada, pois gatos são curiosos e podem acabar se machucando ou ingerindo objetos que podem lhes fazer mal.Também mantenha gavetas, armários e etc fechados pois os gatos podem entrar em um desses lugares e a gente nem perceber e acabar fechando a porta e pronto já viu né? Abaixo foto de Hel que tinha acabado de entrar na gaveta da mesa do computador. Ainda bem que vi a tempo.

LIBERADO amor, amor, amor e muuuuiiito amor ♥ ♥ ♥

0

Your Cart